terça-feira, 15 de agosto de 2017

Depressão e a Terapia Holística


A depressão já afeta, hoje, 322 milhões de pessoas no mundo, o que corresponde a 4,4% da população segundo os dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), referentes a 2015. No Brasil, são 11,5 milhões de pessoas afetadas, ou seja, 5,8% da população. Essa doença é considerada o mal do século. Porém, muitas vezes, os tratamentos tradicionais podem ser fortes para o corpo e podem não trazer resultados satisfatórios. A Terapia Holística pode ser uma alternativa e uma medida preventiva natural para problemas relacionados ao estresse que afeta a todos de uma forma ou de outra.

Ao contrário da medicina tradicional, que busca tratar os sintomas apresentados de forma setorizada, a Terapia Holística busca restabelecer o ser de forma integral ao compreender os aspectos emocionais, visando buscar o autoconhecimento, o equilíbrio, o bem-estar físico, emocional e energético.

“A terapia holística é para todos”
 Além da depressão, a abordagem Holística ajuda a melhorar o sentido individual do bem-estar integral o que diminui a ocorrência de doenças futuras.

A tendência atual é voltar-se para o natural, orgânico, sustentável e consequentemente, na mesma linha para o olhar mais atento a si mesmo. Muitas vezes, existem opções mais simples e menos invasivas ao corpo para as doenças mais comuns. Devemos buscar essas alternativas para podermos ter mais saúde e qualidade de vida.

Assim como uma casa para estar bem estruturada necessita de um alicerce, nós também precisamos de pilares para nos mantermos em Harmonia: corpo, mente, alma e emoções. Quando um desses pilares se encontra de certa forma em falta, nosso corpo entra em desequilíbrio. Muitos de nós estamos desconectados de nossa essência, da fonte de Energia que nos nutre – seja ela Deus, o Universo ou qualquer outro termo que queira usar – e da própria natureza. Nos sentimos fragmentados e isso é uma das causas de conflitos e enfermidades. Precisamos nos Religar, encontrar nosso lugar no mundo e percebermos que estamos todos ligados de alguma forma e com algum propósito de vida.

Medicina tradicional x Terapia Holística

Na verdade, não existe separação entre os métodos naturais aplicados pelas Terapias Holísticas e os métodos tradicionais. Os dois caminham juntos. O avanço da ciência acontece paralelamente em ambos os métodos, tanto que algumas terapias complementares, hoje, são bem aceitas em grandes hospitais, e até mesmo pelo atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS). 

“Um método não exclui nem substitui o outro. 
Ao contrário, ambos se complementam”

Quando passamos a realizar ações que permitam que nos conectemos ao nosso interior e à natureza, consequentemente, estaremos menos suscetíveis a doenças. 



Amorosamente,
Fernanda Tomaz

Nenhum comentário:

Postar um comentário